Blue in Green

A Clarice, provavelmente, descreveria uma explosão à la Big Bang. Longe de mim discordar dela, inclusive gosto da sugestão, mas quando pensar nisso, capta mais a forma do que necessariamente o conteúdo. É explosão, porque é, sabe, inusitado. Inesperado é a palavra. Era alguma coisa que não deveria acontecer, mas alguém quis levantar e sair do ambiente, tropeçou num cabo qualquer e BUM. Não use a palavra BUM, por favor.

Depois, precisa ficar claro que os dias pareciam mais longos do que o normal. Duro é que não acontecia nada. Mas é isso, o tempo se arrastava e nós junto dele. Nas primeiras conversas, o inesperado, que eu falei antes, precisa coexistir. É que, nesse ponto, ainda não existe nada. Eram pessoas conversando sobre si mesmas, sobre suas formas de ver o mundo. Sobre, sei lá. Sobre arte, mas não qualquer arte. Ninguém fala sobre arte, a menos que queira se exibir. Não é o tom aqui. É sobre aquela música que toca em lugares que ninguém admite frequentar. Você sabe.

E as cores. Precisa mostrar a transição entre azul e verde. Ah, começa sugerindo. Azul aqui, verde acolá. Eu sei que Miles tem aquela música, mas não sei se cabe. Estou em dúvida. Pode anotar, por favor? No momento, investe só nas cores. Porque tem um lance, uma conversa sobre isso. E tem os olhos, claro. Os olhos não têm uma cor definida, é aí que tá. Precisa ter olhar entre eles todo o tempo, mas é um olhar que não tem muito significado, sobretudo para ela. Ele acha que tem. Ele acha que o olhar significa.

Aí vem a bebida, personagem importante. O primeiro porre é intenso e transforma a dinâmica das cenas, entende? Só que, ao invés de aproximar os dois, afasta. Quer dizer, inicialmente aproxima, no dia seguinte, afasta. É que na verdade a bebida é a chama da relação deles. Só que eles não aproveitam isso, então no dia seguinte esfria. Ah, sim, eles continuam bebendo nos próximos dias, mas você entende que não tem mais como retomar o fogo do primeiro dia?

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s