Fazer novos “amigos”

Existem algumas habilidades caras para a sociedade em que vivemos e queria destacar a mais relevante delas: a capacidade de fazer amigos. Nunca foi uma característica desenvolvida por mim, seja por timidez, seja por preguiça de iniciar uma nova relação, fazer com que ela dure e esconder, em vão, aqueles defeitos que são quase como marcas de nascença na nossa pele.

O Brasil é um país que se construiu na base do clientelismo e acho muito difícil mudar isso nas próximas gerações. A gente continua conseguindo coisas, desde empregos até uma caipirinha grátis na balada, na base da camaradagem – ou do interesse sexual, mas em alguns setores isso até dá na mesma. Então, quem tem facilidade de fazer amizades – e pode ser até aquela amizade despretensiosa na fila do banco – tem mais chances de ser alguém na vida. Talvez seu próximo emprego dependa disso. De nada.

Como eu sempre negligenciei essa capacidade de me envolver com estranhos e fazer deles meus amigos de infância instantâneos, perdi grandes oportunidades na vida. Recentemente, um pouco mais consciente dessa realidade, e também por precisar de dinheiro, que não estou com essa bola toda de recusar amizades por interesses escusos, tentei me abrir um pouco mais para um grupo específico de pessoas, com quem tive de conviver por pouco tempo, nem 10 dias. E foi ótimo.

Pra começar, amigos novos não sabem nada de você, então tudo o que você conta, qualquer história boba, parece super divertida. Nada como a novidade pra fazer de você alguém interessante. Tudo o que você faz parece legal e corajoso de sua parte. Contar a gente nova que eu ganho dinheiro escrevendo e cantando até me fez esquecer o processo de depauperamento em que me encontro, podendo pegar outros trabalhos temporários e ter tantas experiências na vida.

Meus velhos amigos já se cansaram de me ver sem dinheiro, de me ouvir reclamar que viver de texto e de música no Brasil é bem chatinho; aliás, já se cansaram de ler o que escrevo e de me ouvir cantar. Para os amigos novos, tudo soa como novidade e, como toda novidade, faz com que se sintam interessados por ela. Que continuem como novos amigos para sempre. E em mandem jobs.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s