Corrimão

Estou feliz, pois estou vendo meu tríceps. Sim. E a musculatura da coxa. E os músculos da barriga, só que não tanto, pois, confesso, tenho tomado muita cerveja. Mas, os exercícios estão em dia. Hoje, é o primeiro dia em que eu realmente não tenho muito o que fazer no isolamento. O trabalho acabou, Chernobyl (a série, tá) já se encerrou, os posts dos amigos no Instagram já rolei até o fim. Comecei dois livros e não consegui terminá-los. Acordei às 9h, hoje, só para não perder o costume de colocar o celular para despertar em algum horário e não começar a levantar às 13h pra tomar café da manhã, como a gente faz nas férias. Penso que é necessário manter um mínimo de civilidade. Não sair de casa nem é o problema, pois, neste momento, sair de casa significa entrar numa sucessão inevitável de grandes paranóias. Como na penúltima vez que passei nos meus pais para pegar a lista de compras e meu primeiro reflexo foi colocar a mão no corrimão do prédio. Olha, posso jurar que a minha mão começou a arder após aqueles poucos segundos em que passei a mão pelo metal. Em casa, ao menos, tenho a falsa sensação de que estou em um ambiente controlado. A gente tira o sapato do pé, quando volta para casa, mas ignora um pouco que as sacolas do mercado estão entrando junto com a gente, que a gente vai colocar essas mesmas sacolas sobre a mesa. Que vai guardar essas sacolas no puxa-saco. Que vai utilizar as sacolas da próxima vez que a gente sair pra passear com o cachorro. Sei lá, não entendo nada de vírus, vou torcer para que ele morra de tédio, assim como eu aqui dentro de casa. E está tudo bem, pois vamos lavar todos os alimentos que acabamos de comprar, tomar uns 15 banhos e passar o resto do dia pensando até quando o dinheiro vai dar. Se a gente estivesse trabalhando normalmente, duvido que teríamos esse tempo todo para higienizar alimentos. Não só duvido, como truco. Tempo para lavar os alimentos, para limpar a casa, passar kiboa nas maçanetas. E no corrimão, claro. Tempo é o que está tendo. Tempo demais. Queria ser produtiva como vocês, mas, pelo menos, eu estou vendo o meu tríceps aqui.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s